Descrição Geral

TRANUS: Sistema Integrado de Simulação da
Localização das Atividades, Usos do Solo e Transportes

Tranus é um modelo de simulação sobre a localização de atividades, uso do solo e transporte, que pode ser aplicado tanto à escala regional quanto na urbana. É especialmente concebido para simular os efeitos prováveis de políticas e projetos diversos em cidades ou regiões, e avaliá-los do ponto de vista social, econômico, financeiro, energético e ambiental.

A mais notável característica do sistema Tranus é a maneira verdadeiramente integrada em que são representados os principais componentes do sistema urbano ou regional, tais como a localização e interação de atividades, o mercado imobiliário e o sistema de transportes. Todos esses componentes estão inter-relacionados de forma explícita e claramente com base numa teoria integral desenvolvida para essa finalidade. Assim, o fenômeno da circulação de pessoas e bens é explicado por relações econômicas e espaciaies entre as atividades que as geram. Por sua vez, a acessibilidade do sistema de transporte afeta a forma como as atividades interagem umas com as outras, afeta a sua localização no espaço e influenciam o sistema imobiliário. A avaliação econômica também é parte integrante da formulação teórica e do sistema de modelagem, fornecendo-se todas as ferramentas necessárias para a análise de políticas e projetos.

Um sistema integrado dessa natureza permite avaliar os efeitos das políticas de transporte sobre a localização de atividades e uso do solo. Também é possível analisar os efeitos das políticas de usos do solo no sistema de transporte, e por outra parte, é claro o efeito das políticas combinadas. Sem essa integração não é possível obter projeções confiáveis no médio e longo prazo, tanto da localização da produção e das actividades como dos transportes. Embora seja no planejamento integrado em que o Sistema Tranus produz o seu máximo potencial, o sistema também pode ser usado como um modelo só-transportes, alocando as matrizes da demanda à rede multimodal, que pode ser útil para a avaliação das políticas de transporte no curto prazo.

A abordagem integrada também permite estimar matrizes de origem-destino das viagens a um custo reduzido. As matrizes provenientes de pesquisas origem-destino são custosas, e mesmo com uma amostra muito grande, não garantem a confiabilidade estatística dos resultados. A alternativa é usar uma pequena amostra na calibração de um modelo integrado de localização e transportes, tornando possível a construção de matrizes analiticamente, e obter resultados mais confiáveis a um custo muito menor.

Em quanto à escala de aplicações, o sistema Tranus permite a simulação de:

          Areas urbanas detalhadas

           Áreas Metropolitanas

           Regiões Metropolitanas

           Regiões, estados ou províncias

          Nível Nacional

           Regiões formadas por vários países

O sistema pode representar tanto o movimento de cargas quanto de passageiros no transporte público e privado numa rede de transporte única, simulando o efeito combinado sobre a capacidade das infra-estruturas viárias. Nas aplicações urbanas, a prioridade é dada frequentemente à representação dos movimentos de passageiros, incluindo movimentos de carga exógena para representar seu efeito sobre a congestão. Em aplicações regionais ou nacionais, tanto nos movimentos de carga quanto de passageiros são igualmente relevantes. Nesse caso, o modelo permite una completa contabilidade do insumo-produto, com representação explícita de importações e exportações, e avaliar o seu efeito sobre o uso da rede de transporte multimodal. O modelo de transporte, por sua vez, fornece os elementos necessários para o modelo de logística em condições complexas.

A gama de políticas e projetos que podem ser analisadas com o sistema é muito ampla. Políticas de planejamento urbano, os controles sobre os usos do solo, e diversos projetos e politicas de transporte podem ser representados. Essas políticas de uso do solo e transporte podem ser combinadas e avaliadas em conjunto. Uma lista completa das possibilidades do sistema seria muito extensa, mas as seguintes podem servir como guia:

          Planos de urbanização

          Controles sobre os usos do solo

          Impacto dos projetos industriais ou residenciais

          Planos de desenvolvimento regional

          Planos e estímulos para a construção de moradias

          Programas de proteção do ambiente através do controle sobre as áreas especiais

          Novas estradas e melhoras as estradas existentes

          Reorganização do sistema de transporte público (novas rotas, tarifas, etc.)

          Faixas exclusivas de ônibus (BRT)

          Sistemas de transporte coletivo (metrô, LRT, etc) com tarifas integradas

          Rodovias de pedágio urbanas ou regionais

          Faixas exclusivas para veículos de alta ocupação (HOV)

          Restrições à circulação de veículos

          Políticas de preços, tais como taxas sobre os combustíveis ou estacionamento

          Park-and-ride

          Road Pricing (pedágios urbanos)

           Reabilitação e manutenção de estradas

          Projetos ferroviários

           Novas instalações portuárias ou aeroportuárias ou relocalização dos actuais

Tranus foi aplicado em numerosos estudos nas cidades e regiões de diversa índole, e correspondentes a realidades sociais e econômicas muito diferentes, como a América Latina, EUA, Europa e Ásia. Também é utilizado em pesquisas acadêmicas e em cursos de pós-graduação em diversas universidades e centros de pesquisa ao redor do mundo.
 
Uma Descrição Geral mais completa em formato PDF  é disponivel em >> Baixar/instalar . Neste local também abriga-se o software e documentação completa em português. Nem toda a documentação está disponível em Português.
Comments